Versículo Sobre Pensamentos Impuros

Todo mundo já está cansado de saber que a religião é um dos maiores motrizes da humanidade. Não é à toa, também, que o planeta possui mais de três mil religiões registradas em todos os seus extremos. São várias seitas e doutrinas que, na maioria das vezes, remetem a um ou mais deuses, nos quais a crença neles está condicionada a um modo específico de vida. Dentre essas milhares de religiões, três se destacam, como sendo as maiores: o Cristianismo, o Islamismo e o Hinduísmo.

O primeiro é  o maior de todos, tendo um número de seguidores que ultrapassa os 2,2 bilhões de pessoas. Paralelo a esse, o Islamismo apresenta quase dois bilhões de seguidores, sendo a legenda que mais cresce no mundo. E, mais distante um pouco, o Hinduísmo, que beira os 850 milhões de seguidores espalhados pelo planeta.

Ou seja, somente pelos números apresentados por essas três religiões, podemos ter a grande certeza de que o nosso planeta é majoritariamente religioso. Isso é resultado de milhares de anos de várias histórias relatadas sobre a existência de divindades, bem como, também, a necessidade do ser humano de entender de onde é que ele veio.

O Cristianismo E Sua Influência

O Cristianismo, por exemplo, não é a religião mais antiga do mundo. A religião, fundada por Jesus Cristo há mais de dois mil anos atrás não era bem vista naquela época, acusada pelos sacerdotes de ser uma fraude para tomar o poder dos imperadores romanos da época. Mas, um fato surpreendente aconteceu séculos depois: o Império Romano, já em decadência, resolveu promulgar o Cristianismo como a religião oficial de todo a extensão do Império. Por mais que ele já estivesse em frangalhos, essa ação outorgou à Igreja um poder imensurável, que a fez perdurar até os dias de hoje.

Durante os anos que se seguiram após a promulgação do Cristianismo como religião oficial, a Igreja Católica se viu num grande poderio que não poderia nem imaginar pouco tempo antes. A tomada de poder foi tamanha que as decisões globais sempre tinham a deixa da Igreja no meio. Ou seja, por mais que as grandes autoridades tivessem um poder que era outorgado a elas por causa do cargo, a Igreja era quem dava a palavra final. Ou seja, se eles não aceitassem, o projeto (ou o que quer que seja) não iria para a frente de jeito nenhum.

A Idade Média

E assim foi por muitos séculos, até que, na idade média, a Igreja viu o seu ápice ser atingido: ela estava ajudando a financiar viagens de descobrimento de outras terras à oeste, depois de a Europa declarar que estava a beira de um colapso econômico: crises que vieram por conta do encalhe de produtos extremamente caros, bem como o esgotamento de metais preciosos fizeram com que as nações se organizassem para poder explorar as terras que existiam a oeste e que foram relatadas por vários marinheiros. O investimento da Igreja tinha fundamento: novas terras, novas pessoas = possível pregação da palavra cristã e, posteriormente, arrebatamento de novos fiéis.

Com a chegada dos Europeus à América, a Igreja passou a contar com um novo nicho, que foi a evangelização dos povos nativos que aqui viviam. Indiretamente, a Igreja colaborou com o genocídio de muitos povos americanos, já que os europeus, com a premissa de “colonizar” os povos e fazê-los sair da ignorância, acabavam cometendo diversos crimes que lesavam a vida dos nativos (e não apenas com armas: mas também com doenças trazidas da Europa).

Declínio

A partir daí, a Igreja entrou em certo declínio: diversos sacerdotes importantes começaram a se rebelar contra a instituição, por acusações de corrupção, bem como, também, interpretações diferentes do que a Bíblia realmente indicava, segundo os insatisfeitos. Toda essa batalha culminou em diversas reformas dentro da Igreja, sendo que as principais foram as tomadas pelo sacerdote Martinho Lutero, que ajudou a criar o cristianismo protestante, que está presente hoje em todo o planeta.

A partir daí, o declínio do cristianismo foi evidente. Contudo, esse declínio não é tão forte: basta ver a influência que se tem hoje em países com maioria cristã, como é o caso do Brasil: uma tradição cristã bem forte, tanto católica como protestante. Muitas decisões, inclusive políticas – infelizmente – ainda passam pelo crivo religioso, mesmo o estado sendo laico.

Além disso, O Cristianismo vem passando por uma grande crise moral, já que diversos escândalos sexuais vem aparecendo, em todas as vertentes cristãs. Isso coloca em cheque a lisura da instituição cristã, num momento que ela busca recuperar o seu prestígio.

A Bíblia

A Bíblia nada mais é do que um livro que reúne diversas inscrições de categoria religiosa, sendo o livro mais vendido em todo o mundo. Estima-se que, a cada quarenta segundos, uma Bíblia é vendida no mundo.

Conhecida como sendo a palavra oficial de Deus para os homens, a Bíblia foi sendo escrita por milhares de anos, sendo que seus textos são divididos entre dois livros grandes, que são o Antigo Testamento e o Novo Testamento. Os textos que estão realocados no livro do Antigo Testamento estão mais voltados para os primeiros acontecimentos, envolvendo a criação do mundo por Deus, a criação do Homem, a definição de suas leis e alguns acontecimentos que começaram a prever a chegada de um Salvador. E, no Novo Testamento, já é retratada a vida de Jesus como um pregador de Deus, até o momento de sua morte e os primeiros anos após isso acontecer.

Várias controvérsias rondam a Bíblia. Os cientistas e pesquisadores chegaram a um consenso, de que Jesus realmente existiu. Mas não de acordo com o que estava escrito na Bíblia. Alguns diziam que Jesus era casado, e que, as passagens bíblicas que faziam tal afirmação tinham sido escondidas pela Igreja de maneira proposital. Outras controvérsias que rondam a figura de Jesus é o seu porte e sua aparência física: claramente europeu, sendo que vai totalmente contra a sua naturalidade, no Oriente Médio.

Para conferir versículos sobre pensamentos impuros, acesse o link disponibilizado abaixo para você:

https://www.bibliaon.com/pensamentos/

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Religiosas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.