Frases de Motivação Para Quem Perdeu Uma Competição

Perder é uma coisa que desanima muita gente a competir, não é verdade? Se não temos algum propósito em uma competição, quando o fazemos apenas por diversão e perdemos, pode ser que a decepção tome conta da gente. Se é uma competição escolar ou com algum propósito maior do que só o prêmio que é oferecido à melhor pessoa ou equipe nós nos contentamos (na maioria das vezes) com a experiência obtida.

Mas esse discurso bonito não faz muito sentido, às vezes. Por mais que nós nos dedicamos para algo, pode ser que, na hora de colocar o que foi aprendido na prática, algo possa atrapalhar (o nível da prova pode ser alterado, o nosso próprio cérebro pode nos tapear por causa da ansiedade, enfim) o nosso desempenho, podendo nos deixar aflitos a participar de uma competição novamente.

Aqui em nosso artigo, iremos falar um pouco mais sobre como superar uma derrota, bem como, também, ter algumas informações preciosas a respeito de como driblar alguns sentimentos que insistem em permanecer conosco mesmo depois de aceitarmos essa derrota. Vamos lá?

A Derrota

Vamos supor que você esteja participando de um jogo de futebol. É claro que você irá tentar dar o seu melhor para que o time chegue num resultado bom para eles e para a torcida. Mas n motivos podem fazer com que o seus planos deem tudo errado, mesmo com todo o preparo físico e o treinamento que fora feito. Então, é necessário que se saiba trabalhar com a hipótese de erro, para caso algum problema desse tipo venha a acontecer.

Muitos psicólogos, inclusive, conduzem diversos trabalhos nesse sentido com o propósito de fazer com que as pessoas tenham mais paciência ao lidarem com os fracassos. É importante que essas pessoas tenham em mente o fator de que elas não são incapazes por sofrerem diversas derrotas na vida. É a mesma situação quando você está prestando alguma prova para algum concurso ou mesmo para alguma matéria do seu curso na universidade: basta que a nota da prova seja muito ruim para que nós acabemos por ficar para baixo.

Realmente, tirar uma nota muito baixa não é uma coisa legal de se lidar. Porém, você deve ter em mente que não é só você que pode estar em dificuldade nesta matéria: várias coisas podem atrapalhar o seu desempenho, principalmente se você se dedica (porque o esperado é que, quando nos dedicamos, passemos a ter notas melhores). Pode ser que você saiba a matéria mas, ao mesmo tempo, na hora da prova, você não tenha conseguido executar tudo aquilo que era pedido. Enfim. São vários os motivos para isto ter acontecido.

O ideal nesses casos é saber que os momentos de fracasso em nossa vida são importantes para que possamos aprender com eles e, a partir disso, se reinventar, buscando novas maneiras de driblar as dificuldades. Porém, muitas pessoas tem uma séria dificuldade de lidar com esses fracassos. E isso pode acabar abrindo brechas para outros tipos de problema, como é o caso da depressão. Quando não atingimos o que nos é esperado, tendemos a ficar cabisbaixos e a enxergar que não somos capazes de fazer nada. É aí que mora o perigo.

As Crianças e As Derrotas

Crianças e As Derrotas

Crianças e As Derrotas

Quem diria que, em alguns casos, as crianças lidam muito melhor com a derrota que os adultos? Pois bem. A infância é o período onde as crianças estão ativamente descobrindo mais sobre si próprias e sobre o mundo. E, como a inexperiência conta muito nessa época, é normal que elas acabem por se confundir em muita coisa, principalmente em saber quem elas são de verdade. Por isso, é necessário que elas tenham um acompanhamento ativo dos pais para poderem identificar qualquer coisas que não seja muito boa para elas digerirem rapidamente.

Não É O Fim do Mundo

Para os pais, a mensagem mais importante que eles devem passar aos pequenos é que a derrota não representa o fim do mundo: ou seja, este período é apenas um ponto fora da curva que se transforma em espera até alcançar o sucesso desejado. Por exemplo: o seu filho está participando de um concurso de redação, mas ele não é selecionado. O que se pode depreender disso? Que ele não estava preparado o suficiente e, sabendo disso, ele irá melhorar em suas técnicas de redação para que o resultado da próxima vez fique cada vez melhor. E, se a sua dedicação permanecer, a chance de que sua redação seja aceita da próxima vez é muito grande.

É claro que temos que ter cuidado com alguns aspectos, principalmente os que tiverem relação com o fato de que as crianças tem um entendimento de tempo diferente do que o tempo dos adultos. Só que, se tivermos paciência e calma para explicar a eles que nem sempre as nossas vontades e desejos acontecem de imediato eles passarão a encarar a vida com um outro olhar, muito mais crítico e apurado, se blindando contra eventos futuros.

Não Guardar Ressentimentos

Um outro fato muito importante, além de mostrar que tanto as derrotas quanto as vitórias fazem parte das nossas vidas é de que as crianças não podem guardar, de forma nenhuma, ressentimento de algo que ela fez e não deu certo: carregar esse tipo de sentimento consigo gera uma grande insegurança na criança, podendo fazer com que ela se atrapalhe e, nesse ritmo, pode chegar até mesmo a boicotá-la da próxima vez, prejudicando-a novamente. Dessa forma, ela passa a amadurecer e nota que ressentimento não atrapalha os outros, mas ela mesmo.

Para conferir frases de motivação contra a derrota, confira o link a seguir:

https://www.pensador.com/conforto_apos_derrotas/

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Frases

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.