Poemas de Caio Fernando Abreu

Conheça Mais da Poesia de Caio Fernando AbreuCaio Fernando Abreu, apesar de ser mais conhecido por seus aclamados contos, também escreveu uma grande quantidade de poesias. Seus versos, marcados pelo seu estilo econômico e pessoal, levam o leitor a passear por sua visão dramática do mundo atual, em uma fotografia em rimas e ritmos da vida contemporânea. Leia um pouco maisEu entro nesse barco, é só me pedir.Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou.Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra issopreciso saber se você vai também.

Poemas de Caio Fernando Abreu

Poemas de Caio Fernando Abreu

Porque sozinha, não vou.Não tem como remar sozinha, eu ficaria girandoem torno de mim mesma. Mas olha, eu só entro nesse barco e você prometer remar também!Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes.Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito,vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometerque vai remar também, com vontade!Mas você tem que remar também.Eu desisto fácil, você sabe.E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos,mas eu entro nesse barco, é só me pedir.Perco o medo de dirigir só pra atravessaro mundo pra te ver todo dia.Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir.Mas a gente tem que afundar juntoe descobrir que é possível nadar junto.Eu te ensino a nadar, juro!Você tem que me prometerque essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena.Que por você vale a pena.Que por nós vale a pena.Remar.Re-amar.Amar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>