Mensagens Sobre Herança

“Se você deixar toda sua herança para seus filhos, você não pode estar agindo a favor deles”.

Mas se você quiser, “existem maneiras sensatas” de passar o que você tem, “sem privar as crianças de um sentimento de realização”.

Herança e Honestidade

Herança e Honestidade

Pais Ricos e Filhos Que Trabalham

Muitos pais não colocam seus filhos “em suas heranças” para que eles possam construir o seu “próprio lugar no mundo”, e eles sabem que sempre poderão “contar com os pais”, mas não devem ter privilégios somente porque já nasceram em um “berço de ouro”.

“Para alguns milionários”, a quantidade “perfeita monetária” para deixar às crianças é o dinheiro “suficiente” para que elas se sintam como se “pudessem fazer qualquer coisa”, sem depender de seus pais.

Quanto se deve deixar para os filhos? Em grande parte do costume do mundo dita a “lei que as crianças, a menos que tenham cometido algum crime hediondo, recebam automaticamente a maioria da riqueza dos pais quando eles morrerem”.

Certamente em “vários lugares do mundo” muitos pais não “desfrutam do privilégio de lidar com esse dilema”.  A grande maioria dos milionários “herdou sua riqueza ou a construiu através de algum negócio”.

“Abundância de carreiristas corporativos também acumulou propriedades, aproveitando os planos de participação nos lucros e previdência”.

Mas a preocupação com a “melhor forma de prever a prole” não é exclusivo para os milionários.  O “planejamento imobiliário (Casa Própria)” está se tornando rapidamente uma das principais “preocupações da classe média”.

“Quaisquer que sejam suas dúvidas sobre herança, a maioria das pessoas, sejam ricas, pobres”, de algum lugar têm a preocupação de manter “a maior parte de suas propriedades na família”.  Uma vez formado, uma “cadeia de riqueza herdada raramente é quebrada, até que o dinheiro acabe”.

“O dinheiro de herança tende a manter a riqueza na família”.  ”Depois de uma geração ou mais, a herança se torna uma espécie de mordomia”.

Por Que Alguns Pais Optam Por Não Deixar Herança Para Os Filhos?

Por que os pais não deixar tudo para os filhos?  As manchetes dos jornais expõem as razões mais absurdas em disputas de heranças, como drogas, conflitos e, até mesmo assassinatos dentro das famílias pela posse dos bens.

O que geralmente preocupa os empreendedores e executivos bem-sucedidos, no entanto, é a perspectiva mundana, pois é muito provável que as grandes heranças incentivem seus filhos a não fazerem nada de útil em suas vidas.

Um milionário que construiu “riqueza por si próprio” quer garantir que seus herdeiros levem suas “vidas produtivas antes que eles recebem uma parcela de sua propriedade”.

Ele pode “criar” para cada um de seus filhos, “uma prática de planejamento imobiliário”, mesmo as famílias de “renda média”.  Nenhum deles “paga um centavo até que a criança atinja 30 anos”.

“Até essa idade, os empresários dizem que esperam que seus filhos e filhas, possam viver com os salários que os adultos jovens graduados têm para se sustentarem”.

Os “termos de suas confianças também permitem que o pai ou seus executores” retenham o “patrimônio das crianças” em determinadas situações.

Diz ele: “Eu acredito que meu filho tem que fazer direito, ou não ganha nada”.  “Se ele chagar aos 30 anos de idade, sem um níquel sequer, todo o dinheiro vai para a minha fundação pessoal”.

Herança e Crianças

“Incentivar as crianças ricas” para serem “autossustentáveis” pode ser bom para elas.  Um pesquisador “concluiu que muitas crianças ricas passam por uma experiência considerável de sofrimento e privação, porque eles têm pouca autoestima”.

“É difícil para elas terem muita satisfação em suas realizações, uma vez que sempre suspeitam que seus sucessos sejam pelo menos em parte, o resultado da riqueza e da posição que elas herdaram”.

“Deixar as crianças crescerem livres das constantes proteções de seus pais é o principal motivo que os indivíduos ricos optam por reter ou limitar os seus legados”.

“Alguns empresários e seus herdeiros argumentam que ao invés de ser um desincentivo ao trabalho”, uma “herança pode dar a uma criança uma meta a ultrapassar”.

“O filho senti que tem que deixar sua marca igual ou melhor do que a do seu pai’”. “Se as crianças forem orientadas de modo certo, elas acabam tentando superar os pais em seus negócios e riqueza”.

“Inevitavelmente, existem alguns pais que veem a educação adequada” como última ação contra possíveis “problemas derivados de heranças”.

“O instinto dos progenitores” seria apenas passar o dinheiro para seus filhos, “mas ao fazê-lo eles esperam que também consigam passar seus valores, como usá-lo de modo proveitoso, como conduzir a vida de modo correto”.

Além disso, alguns “indivíduos ricos argumentam que não dando para as crianças suas heranças podem causar problemas também”.

Eles podem pensar “se os filhos virem seus pais com todo esse dinheiro, mas sabem que herdará apenas alguns poucos Reais, mas não muitos”, eles podem ficar com algum “ressentimento contra os genitores”.

“O planejamento da propriedade é particularmente difícil quando o legado é uma empresa familiar”.  “A maioria dos empresários” não pretende vender, ao invés tentam manter o “negócio em família”.

“Mas deixar para os filhos com a herança” não vai garantir que a empresa permaneça nas mãos da família.

“As disputas destrutivas são mais propensas a ocorrer quando os familiares tentam vender ações da empresa para estranhos”, um ato visto como “desleal” por aqueles desesperados em manter o “controle do que foi herdado dos pais”.

Alguns milionários garantem que, ocasionalmente, um herdeiro pode ser o candidato mais adequado para gerenciar uma empresa, mas acredita que as chances podem estar contra ele, e não estiver preparado para assumir o negócio.

Glória e Honra

Glória e Honra

Alguns deles pensam desse modo: “será que alguém acredita que a melhor maneira de escolher uma equipe olímpica é selecionar os filhos e filhas de quem ganhou 20 anos atrás”?

“Dar a alguém uma posição privilegiada, apenas por ter herdado uma fortuna é uma maneira desequilibrada para uma sociedade competir”.

Considerações Finais

Para os pais ricos, e mesmo para aqueles com propriedades mais modestas, a questão de quanto deixar as crianças é um assunto altamente subjetivo.

Mas há alguns pontos que vale a pena manter em mente. Por exemplo, melhor do que todo o dinheiro do mundo é deixar para aos filhos um legado de amor, carinho e compreensão. Isso com certeza não se lapidarão com o tempo e eles não esquecerão nunca.

Salete Dias

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Frases

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.