Poemas de Amor da Florbela Espanca

Florbela Espanca foi uma poetisa portuguesa que mesmo com uma vida curta, morreu aos 36 anos, conseguiu se tornar imortal por meio de suas obras. Os poemas de maior sucesso de Florbela são aqueles que falam de amor. Confira, a seguir, alguns dos mais belos poemas dessa grande mulher.

Florbela Espanca

Florbela Espanca

Amar!

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui… além…
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!…
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma Primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder… pra me encontrar…

Bocas Sorridentes

Bocas Sorridentes

Saudades

Saudades! Sim.. talvez.. e por que não?…
Se o sonho foi tão alto e forte
Que pensara vê-lo até à morte
Deslumbrar-me de luz o coração!

Esquecer! Para quê?… Ah, como é vão!
Que tudo isso, Amor, nos não importe.
Se ele deixou beleza que conforte
Deve-nos ser sagrado como o pão.

Quantas vezes, Amor, já te esqueci,
Para mais doidamente me lembrar
Mais decididamente me lembrar de ti!

E quem dera que fosse sempre assim:
Quanto menos quisesse recordar
Mais saudade andasse presa a mim!

Homem

Homem

Se tu viesses ver-me hoje à tardinha

Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
A essa hora dos mágicos cansaços,
Quando a noite de manso se avizinha,
E me prendesses toda nos teus barcos…

Quando me lembra: esse sabor que tinha
A tua boca… o eco dos teus passos…
O teu riso de fonte… os teus abraços…
Os teus beijos… a tua mão na minha…

Se tu viesses quando, linda e louca,
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri

E é como um cravo ao sol a minha boca…
Quando os olhos se me cerram de desejo…
E os meus braços se estendem para ti…

Amizade

Amizade

Conto de Fadas

Eu trago-te nas mãos o esquecimento
Das horas más que tens vivido, Amor!
E para as tuas chagas o ungüento
Com que sarei a minha própria dor.

Os meus gestos são ondas de Sorrento…
Trago no nome as letras duma flor…
Foi dos meus olhos garços que um pintor
Tirou a luz para pintar o vento…

Dou-te o que tenho: o astro que dormita,
O manto dos crepúsculos da tarde,
O sol que é de oiro, a onda que palpita.

Dou-te, comigo, o mundo que Deus fez!
Eu sou Aquela de quem tens saudade,
A princesa de conto: “Era uma vez…”

Fanatismo

Fanatismo

Os versos que te fiz

Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.
Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder…
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer!
Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda…
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!
Amo-te tanto! E nunca te beijei…
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

Languidez

Languidez

Sonhos

Ter um sonho, um sonho lindo,
Noite branda de luar,
Que se sonhasse a sorrir…
Que se sonhasse a chorar…

Ter um sonho, que nos fosse
A vida, a luz, o alento,
Que a sonhar beijasse doce
A nossa boca… um lamento…

Ser pra nós o guia, o norte,
Na vida o único trilho;
E depois ver vir a morte

Despedaçar esses laços!…
…É pior que ter um filho
Que nos morresse nos braços!

Mistério

Mistério

Minha Alma…

… de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver!
Não és sequer a razão do meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida!

Não vejo nada assim enlouquecida…
Passo no mundo, meu Amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida!

Tudo no mundo é frágil, tudo passa…
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim!

E, olhos postos em ti, digo de rastros:
“Ah! Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus: Princípio e Fim!…” 

Poemas

Poemas

Sem Remédio

Aqueles que me têm muito amor
Não sabem o que sinto e o que sou…
Não sabem que passou, um dia, a Dor
À minha porta e, nesse dia, entrou.

E é desde então que eu sinto este pavor,
Este frio que anda em mim, e que gelou
O que de bom me deu Nosso Senhor!
Se eu nem sei por onde ando e onde vou!!

Sinto os passos de Dor, essa cadência
Que é já tortura infinda, que é demência!
Que é já vontade doida de gritar!

E é sempre a mesma mágoa, o mesmo tédio,
A mesma angústia funda, sem remédio,
Andando atrás de mim, sem me largar!

Meu Mundo

Meu Mundo

Amor Que Morre

O nosso amor morreu..Quem o diria !
Quem o pensara mesmo ao ver-me tonta,
Ceguinha de te ver..sem ver a conta,
Do tempo que passava, que fugia!

Bem estava a sentir que ele morria..
E outro clarão, ao longe já desponta!
Um engano que morreu, e logo aponta…
A luz doutra miragem fugidia..

Eu bem sei.. Meu Amor, que pra viver,
São precisos amores, pra morrer,
E são precisos sonhos para partir!

Eu bem sei, meu amor, que era preciso..
Fazer do Amor que parte o claro riso,
De outro Amor impossível que há de vir..

Poemas de Amor da Florbela Espanca

Espera

Não me digas adeus, ó sombra amiga,
Abranda mais o ritmo dos teus passos;
Sente o perfume da paixão antiga,
Dos nossos bons e cândidos abraços!

Sou a dona dos místicos cansaços,
A fantástica e estranha rapariga
Que um dia ficou presa nos teus braços…
Não vás ainda embora, ó sombra amiga!

Teu amor fez de mim um lago triste:
Quantas ondas a rir que não lhe ouviste,
Quanta canção de ondinas lá no fundo!

Espera… espera… ó minha sombra amada…
Vê que pra além de mim já não há nada
E nunca mais me encontras neste mundo!… 

Posts Relacionados

Aproveite para ler outros de nossos posts e conferir o poema do dia, se você ler um por dia em um mês conhecerá 30 poemas e isso trará muitos benefícios para a sua vida. Temas poemas bíblicos, que falam sobre fé, Deus, passagens bíblicas, etc. Os poemas gospel fazem bastante sucesso e trazem conforto para momentos difíceis.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Amor

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • ADORO POESIAS DE AMOR E VC GOSTA?

    MARIA LUIZA COOREIA SAMPAIO 3 de outubro de 2012 17:01 Responder
    • simmmmm

      ana vitoria 17 de abril de 2013 16:45 Responder
    • Sim, são os poemas que me dam força para viver.

      Alex Freitas 9 de outubro de 2014 18:28 Responder
  • ai as poesias de amor sao coisas q vem do coraçao por tanto do a te meu coraçao com a funçao de amarte eternamente eu amo voce

    dyeine rosa de toledo 25 de outubro de 2012 14:35 Responder
  • Poesia é uma coisa de se deixar guardada no coração.

    Nome Beatriz Cristina da Silva 25 de outubro de 2012 18:32 Responder
  • adorei esses poemas de amor sao lindos e romantico

    Ana Paula 5 de janeiro de 2013 2:49 Responder
  • es a razao do meu viver e do meu querer e eu tenho que escolher eu escolho vc meu bem querer…

    nathalia 27 de fevereiro de 2013 0:58 Responder
  • adorei esses poemas… São tão fofos!

    Daniela 12 de junho de 2013 23:12 Responder
  • as flores são linda e brilha quando olhamos para elas……

    gelson alvesNome 18 de julho de 2013 21:14 Responder
  • coisas lindas de ver e ler

    nilton 5 de dezembro de 2013 14:32 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.