Poema Morte

Considerada ainda nos dias atuais, como o grande mistério da vida, a morte vem sendo cantada com bonitas músicas e recitada em belos e interessantes poemas. Vejamos agora, como os poetas tratam esse tema tão importante, e que desperta a curiosidade de todos nós.

Trechos Poema Sobre Morte

Poema Morte

Poema Morte

 

“De manhã escureço, de dia tardo, de tarde anoiteço, de noite ardo” Esse trecho do poema do grande Vinícius de Moraes retrata de modo fiel a incerteza de todos os seres humanos quando se defrontam com o fenômeno da morte.

“A oeste a morte contra quem vivo do sul cativo, o este é meu norte” Diante da possibilidade da morte as pessoas tendem a ficar desnorteadas pelo grande mistério que envolve esse tema. O fim de nossa existência é com certeza a única certeza que temos em nossas vidas, porem é difícil para todos nós aceitarmos esse fato tão real quanto a própria morte.

Salete Dias

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Tristeza

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.