Paulo Leminski Poemas

O curitibano Paulo Leminski representa um dos grandes portas brasileiros da contemporaneidade. Acabou morrendo no ano de 1989, vítima de uma cirrosa hepática. Conheça alguns trechos de poemas interessantes.

“Bom dia velhos poetas. Deixe-me na minha boca todo o gosto dos seus versos mais fortes que não farei. O dia bem, que nos saibamos, muito bem que te cite como tê-los, pode acreditar.”

“No inverno tudo que sinto é que tudo é sucinto”.

Paulo Leminski Poemas

Paulo Leminski Poemas

 

“Só não sei quando um dia pode ser pelos caminhos que percorro”.

“Na noite alta a lua está baixa, procure perguntar ao sapo o que ele está coaxando”.

Paulo Leminski também foi muito atuante no mundo da música, compondo músicas interessantes com artistas consagrados no mercado, como: Guilherme Arantes, Zizi Possi, Moraes Moreira, Ney Matogrosso, entre outras grandes estrelas da música popular brasileira.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Frases

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.