Marionetes da Globalização

A mente se camufla e se oculta em seu particular,

Faz-se agir pelas vontades alheias – não sabe pensar,

Escolhe o mais provável, espera apenas o dia passar.

Será que vive os próprios sonhos? Ou…

Que se submete apenas a não sonhar?

Ri da própria mediocridade, acredita em suas verdades.

Não chora lágrimas de amor perdido – sintomas da solidão,

Ouve e vê – mas não sabe sentir, bloqueia seu coração.

Independência, dinheiro e facilidades encontradas na vida,

Marionetes da Globalização

Marionetes da Globalização

Tornou-se manipulável, sem nexo e sem doutrinas…

Procura apenas a superfície, criam-se ditaduras mundanas…

Afoga-se nas poucas crenças, ludibria-se com coisas insanas.

Dilacera suas formas, rasga suas escolhas, sufoca sua concepção.

Enaltece e se engrandece com riquezas multiformes, a parte carnal,

Empobrece a própria alma deixando de lado o seu eu espiritual.

Imperfeito tentando encontrar e ser a mais pura perfeição,

Possui conceitos sem preceitos, intitula-se rei em elevação.

Seres Humanos dos dias atuais – marionetes da globalização.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Frases

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.