As Virtudes Humanas

Nossa condição de humanos inclui nossa personalidade, logo percebemos que está é composta de uma estrutura complexa, onde é formada de diversos elementos psicológicos importantes. A esses elementos psicológicos podemos considerar como virtudes, que são capazes de moldar o ser humano, tornado-o uma pessoa sociável, integra e também humanitária.

Virtudes Humanas

Virtudes Humanas

Uma única virtude pode vir a representar um conceito de retidão moral, excelência moral e probidade. Comumente avaliamos as pessoas segundo seu apanhado de virtudes, se boas ela acaba nos valendo mais, se não, o afastamento é a melhor medida.

De forma bastante prática, e simples vamos apontar alguns tipos de virtudes. Sabemos que nenhuma virtude caminha sozinha, sendo dependentes umas das outras, por isso, é importante que as analisemos da maneira adequada, para que o entendimento seja melhor.

As Virtudes Humanas

  • Autoconfiança: esta qualidade pode ser adquirida através do desenvolvimento de algumas habilidades que geram segurança, competência, e tranquilidade no decorrer de nossa vida. A pessoa que confia em si mesma é muito mais equilibrada e prudente, assim, sempre age com cautela e jamais por impulso. Com tem grande confiança em suas decisões sabe que pode sempre contar com sua intuição e competência, mesmo em situações difíceis.
  • Benevolência: ela instiga a pessoa à prática do bem, e consigo traz outras virtudes importantes como simpatia, gentileza e generosidade. Quem a tem deve renunciar a sentimentos antagônicos como egoísmo e hostilidade.
  • Contentamento: Essa virtude também é bastante especial, pois promove a seu redor o bem-estar e a alegria. Através dela fica bem mais fácil se superar as adversidades, sem desespero, usando de jovialidade e serenidade, pois ela capacita o indivíduo a moldar-se a tais situações, e ainda a ter uma atitude renovada diante dos problemas.

  • Coragem: É fundamental para se viver atualmente, especialmente em situações de medo enfrentadas no cotidiano e ainda em relações de negócio. Ter coragem para dizer não diante de malfeitos e subornos é algo praticamente difícil de encontrar. Essa virtude dá a pessoa, a capacidade de avaliar o certo e o errado e superar as adversidades. Ela inspira a pessoa a agir com determinação e perseverança diante das circunstâncias difíceis.
  • Desapego: Ela capacita as pessoas a observar as situações com certa imparcialidade, e total desinteresse de bens materiais e situações de vangloria. A pessoa que adquire essa virtude consegue se livrar de sentimentos ruins, pois abre mão de preconceitos, opiniões erradas, e está muito mais capacitada a agir com justiça.
  • Despreocupação: Quando não é excessivo traz serenidade e paz ao indivíduo, fazendo-o focar somente naquilo que de fato requer um teor maior de preocupação. É uma forma de viver cada dia de uma vez, porém, sem deixar de fazê-lo com prazer e intensidade. A virtude da despreocupação não pode ser comparada ao descuido, ao contrário, leva a pessoa a tornar-se mais cuidadosa e responsável com as obrigações que lhe são confiadas.

  • Determinação: Essa virtude não anda sozinha, possui ainda duas famosas aliadas, que são a perseverança e a firmeza. Ela faz com que a pessoa progrida, e obtenha sucesso em todas as suas iniciativas, já que não consegue suportar desalento, preguiça, falta de ânimo. Não há obstáculos, que uma pessoa regida pela determinação não possa ultrapassar. A determinação é essencialmente necessária para que as demais virtudes sejam assimiladas e, desta forma a pessoa se livre de todos os sentimentos negativos.
  • Disciplina: Ela proporciona organização, ordem, além de aceitação de ideias e normas. Se formos observar com afinco veremos que até o Universo possui uma obediência e tem uma ordem implacável, senão, não existiríamos. Para manter essa qualidade, a pessoa necessita moldar, corrigir, e aperfeiçoar bastante seu caráter, não sendo estas tarefas fáceis. Para isso, não poderá deixar de lado ainda outras virtudes como paciência e perseverança.
  • Docilidade: É uma virtude adorável e faz muito bem a todos que se aproximam de quem a tem. Através dela a vida pode vir a torna-se muito mais leve e encantadora, gerando também gentileza e bom humor.
Docilidade

Docilidade

  • Empatia: É algo que faz com que nos coloquemos no lugar da outra pessoa, quando ela passa por algum tipo de sofrimento, alegria e tudo o mais. Além disso, ainda atrai coisas boas para si, pois essa virtude faz com que a pessoa veja as coisas através da perspectiva do outro, mas com muito amor e carinho.
  • Entusiasmo: É um verdadeiro fogo que incendeia a todos. Essa virtude é contagiante e fundamental para se executar qual tarefa, já que quanto se tem entusiasmo tudo fica muito mais fácil e divertido.
  • Estabilidade: Significa ter equilíbrio, responsabilidade, coerência e constância em tudo o que se faz. Esta qualidade não permite rigidez, no entanto, requer muito adaptabilidade e flexibilidade.

  • Flexibilidade: Esta virtude proporciona ao indivíduo uma constante às circunstâncias. Através dela é possível se promover a harmonia em todos os relacionamentos e ainda conseguir condições para se adequar as transformações da vida.
  • Generosidade: é uma virtude essencial para se viver em paz consigo mesmo e com os outros. Quem a possui também conta com sentimento de altruísmo e desprendimento. A pessoa que tem essa virtude ama verdadeiramente as pessoas, e oferece o auxilio necessário ao outro, sem aguardar que algo seja dado em troca.
  • Honestidade: Este dom promove a confiança mútua entre os indivíduos. Ela é fundamental em todos os campos da vida, por isso, deve estar presente em todos os relacionamentos e não somente aqueles que envolvem finanças. Sem ela é impossível se ter amigos, família ou até emprego, já que de pessoas infiéis queremos somente distância.

  • Humildade: Ela também é chamada de modéstia e faz da pessoa alguém muito querido e amável. Ser humilde não significa ser tolo dos outros e nem se rebaixar, mas sim perceber que nunca sabemos tudo e nem somos uns melhores que os outros. Apenas uns possuem algumas virtudes e talentos, enquanto que outros apresentam virtudes e talentos diferenciados, portanto um acaba por completar o outro.
  • Introspecção: Talvez seja a mais importante das virtudes, pois, através dela as pessoas se tornam capazes de se autoavaliar e, portanto, conseguem transformar sua personalidade.
  • Além de todas as virtudes que foram descritas acima, ainda podemos salientar muitas outras como a Jovialidade, a Longanimidade, a Maturidade, a Misericórdia e outras que podem ser descobertas dentro de você mesmo. Descubra qual delas rege seu comportamento e suas atitudes.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Vida

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.